logo
Criar Conta

Bitcoin é o melhor ativo do século XXI

O Bitcoin é uma commodity digital em plena expansão, o que traz sorrisos para aqueles que esperam com mãos de diamante e aproveitam as valorizações do ativo. Neste post vamos falar porque o Bitcoin é o melhor ativo do século XXI.

8 de fevereiro de 2024
Publicado em:
08/02/2024
Compartilhe nas redes sociais

Como dizem alguns influenciadores e pessoas por aí na internet: “Quem não tem Bitcoin é louco!”

Nós não poderíamos concordar mais com essas pessoas. O Bitcoin é uma commodity digital em plena expansão e descoberta de preço no mercado, o que faz com que exista muita volatilidade, mas também traz sorrisos para aqueles que esperam com mãos de diamante e aproveitam as valorizações esdrúxulas do ativo.

Neste post vamos falar porque o Bitcoin é o melhor ativo do século XXI, e o que faz ele ser tão incrível. Vamos lá?

O Bitcoin tem propriedades Deflacionárias

O Bitcoin é escasso e deflacionário. Ao contrário das moedas fiduciárias, como o real ou o dólar, que podem ser emitidas sem limites pelos governos, o Bitcoin tem uma oferta máxima de 21 milhões de unidades, que nunca será ultrapassada.

Isso significa que o Bitcoin é imune à inflação e à desvalorização, preservando o seu poder de compra ao longo do tempo. Além disso, a cada quatro anos, a emissão de novos bitcoins é reduzida pela metade, em um evento chamado halving, que aumenta a escassez e a demanda pela moeda.

Preço do Bitcoin VS M2 global

Desde a crise de 2008, quando o Bitcoin surgiu, grandes parte das economias globais tomaram decisões péssimas para salvar a economia fiduciária, abaixando os juros até taxas reais negativas, o que fez com que o dinheiro das pessoas se tornasse um passivo, enquanto as dívidas se tornassem um ativo.

Na prática, isso fez com que até os investimentos mais arrojados (como o S&P 500) não acompanhassem a inflação da base monetária, e economias de terceiro mundo (como a própria Bolsa Brasileira) perdessem 70% do seu valor em dólar, que por acaso também está em processo de desvalorização.

Bitcoin vs S&P 500
Crescimento médio anual do Bitcoin, comparado ao Ouro e ao S&P 500

Em um mundo futuro, onde o Bitcoin já tenha sido capaz de absorver toda a liquidez do mercado global ou grande parte dela, é esperado que as pessoas possam manter o valor do seu próprio dinheiro sem precisar recorrer a investimentos profissionais para não serem diluídas pelo sistema.

O Bitcoin ainda será capaz de realinhar a preferência temporal das pessoas, incentivando a poupança, e que apenas iniciativas e negócios sólidos nasçam, cresçam e se tornem duradouros.

O Bitcoin é seguro e transparente

O Bitcoin usa a blockchain, que é um registro público e imutável de todas as transações realizadas na rede. Qualquer pessoa pode verificar e auditar o histórico do Bitcoin, sem depender de uma autoridade central ou de uma instituição confiável.

Com um computador velho, um HD e um pouco de paciência para fazer o download do Bitcoin Core, você consegue literalmente se tornar um nó da rede e baixar todo o histórico de transações desde o primeiro bloco até o dia de hoje.

O Bitcoin também usa um sistema de consenso chamado prova de trabalho (proof-of-work), que garante que a rede seja protegida por milhares de computadores espalhados pelo mundo, que validam as transações e impedem fraudes e ataques.

mempool.space, explorador de blocos do Bitcoin que permite ver as transações em tempo real

O proof-of-work é um mecanismo que garante a segurança e a descentralização da rede, exigindo que os participantes resolvam problemas matemáticos complexos para validar as transações e criar novos blocos. Assim, quem encontrar uma solução válida recebe uma recompensa em bitcoins e o direito de adicionar um novo bloco à cadeia. 

Esse processo é chamado de mineração e investe muita energia elétrica para criar o valor monetário do BTC. O proof of work também dificulta a realização de ataques à rede, pois um invasor precisaria controlar mais de 50% do poder computacional dos mineradores para alterar o histórico das transações.

A rede ainda tem um protocolo extremamente seguro para incluir modificações no código, os chamados BIPs, como foi o caso do Segwit (que permitiu a criação da Lightning, uma segunda camada do BTC), e o Taproot.

Cada mudança requer a aprovação de mais de 90% dos nós da rede bitcoin, que são operados por indivíduos espalhados pelo mundo de forma descentralizada e em sua maior parte, anônima.

O Bitcoin é democrático e inclusivo

O Bitcoin é uma moeda universal, que não discrimina ninguém por sua nacionalidade, raça, gênero, idade ou classe social. Qualquer pessoa com acesso à internet pode usar o Bitcoin para enviar e receber dinheiro de forma rápida, barata e fácil, sem precisar de intermediários ou burocracia.

Por exemplo, você não precisa mais depender do sistema SWIFT para enviar remessas internacionalmente, com dezenas de processos burocráticos e intermediários que vão levar 10% ou mais do seu capital. Na rede bitcoin você pode transacionar bilhões de dólares de forma direta, dentro de 10 minutos e pagando taxas irrisórias.

Ele também é uma ferramenta de emancipação financeira para milhões de pessoas que não têm acesso ao sistema bancário tradicional, ou que sofrem com regimes autoritários, hiperinflação e censura, como é o caso da Venezuela, China, Argentina e muitos outros países.

O Bitcoin é acima de tudo uma ferramenta que nasceu para ajudar os indivíduos, e que será capaz de realizar a maior transição de riqueza da história da civilização humana: da mão dos governos e das instituições poderosas, para a mão das pessoas comuns.

O Bitcoin é inovador e disruptivo

O Bitcoin é mais do que uma moeda, é uma plataforma aberta para a inovação e a criatividade. Ele permite o desenvolvimento de novas aplicações e serviços que exploram as possibilidades da blockchain, como contratos inteligentes, tokens, identidade digital, propriedade intelectual, entre outros. O Bitcoin também desafia o status quo do sistema financeiro atual, oferecendo uma alternativa mais eficiente, justa e democrática para o dinheiro e o poder.

Com um market cap ainda pequeno, se comparado a outros ativos do mercado tradicional como o ouro, o Bitcoin possui uma capacidade inacreditável de capturar valor ao longo do tempo, podendo chegar a milhões de dólares por moeda ao longo da próxima década, enquanto todo o sistema fiduciário e bancário tradicional derrete na nossa frente.

O Bitcoin provavelmente será absolutamente necessário para que as gerações que nasceram a partir de 1971 consigam acumular riqueza e até mesmo se aposentem com qualidade de vida, e será ainda mais essencial para aqueles que nasceram a partir dos anos 2000. Se você ainda está do lado de fora, o melhor momento de começar a acumular bitcoin é agora!

Aprenda tudo sobre o Bitcoin e como usá-lo para alcançar a sua liberdade

Se você quer adentrar neste mundo, usar o Bitcoin como ferramenta de liberdade e transformar a sua realidade financeira através do melhor ativo do século, a Nação Bitcoin espera por você!

Em mais de 20 horas de conteúdo com Guilherme Rennó, CEO da Criptomaníacos, você aprende a comprar, acumular e guardar Bitcoin com segurança, além de ter acesso a uma comunidade exclusiva de pessoas que valorizam a sua liberdade e soberania individual.

Garanta o seu passaporte agora CLICANDO AQUI!

Leitura aproximada em 5 minutos
logo
Todos os direitos reservadosPolítica de PrivacidadeTermos de Uso
voltar ao topo